Trouble
@

“Tem saudade que dói tanto, que você não sabe se chora ou se segura o pedaço de coração que está descolando do resto. Tem saudade que a gente não sabe quando chega e muito menos quando vai embora, porque saudade que é saudade acha bom se instalar no coração machucado, saudade acha aconchegante ter por um descuido uma atenção maior que a do sorriso.”
Tem saudade que por si só, destrói toda a armadura.   (via scripturas)

“Talvez eu fosse retardado. Era possível. Freqüentemente me sentia inferior. Queria apenas encontrar um jeito de me afastar de todo mundo. Mas não havia lugar para ir. Suicídio? Jesus Cristo, apenas mais trabalho. Sentia que o ideal era poder dormir por uns cinco anos, mas isso eles não permitiriam.”
Charles Bukowski.  (via opostos)

“Eu não caibo mais nas roupas que eu cabia, eu não encho mais a casa de alegria. Os anos se passaram enquanto eu dormia, e quem eu queria bem, me esquecia.”
Nando Reis.   (via classificar)

“Tem dias que você precisa fazer tudo errado, porque fazer o certo, já não faz mas sentido. Afinal, já esta dando tudo errado mesmo.”
Brendon Moraes.  (via os-versos-que-a-gente-recita)

Ando preferindo ter paz do que razão.


“Ainda tô aqui viva, um pouco mais triste mas muito mais forte.”
Pitty (via alvorecer-r)

“Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.”
(Clarice Lispector, último bilhete escrito no hospital da Lagoa, Rio de Janeiro, 7/12/1977)

Tem dia que eu gosto de me afastar, de não responder, de não conversar e isso não é nada pessoal. É apenas o meu jeito torto de viver.